É raro encontrar marcas da nossa Portugalidade por estas terras, quando tal acontece convém, registar. Foi o que aconteceu na semana passada ao visitar um dos hospitais da cidade:

azulejo iho ja alergia sairaala
Confesso que a decoração típica do azulejo não me parece a mais adequada. Por outro lado, as alternativas habituais não são melhores, pelo contrário.

Se dúvidas ficaram sobre a autenticidade do azulejo, vejam lá a assinatura do azulejo.

Como se não houvesse já rankings e índices suficientes para classificar países o Legatum Institute lembrou-se de criar o seu. Chamou-lhe índice de prosperidade e, na sua edição de 2009, no primeiro lugar está…

indice-prosperidade

… a Finlândia. Eu sei que isto é suposto ser um índice composto, mas não percebo. As coisas não estão famosas, o crescimento ainda é negativo, o governo só mete água… será que nos outros países estão ainda pior?

Para aqueles que gostam de comparar Portugal com a Finlândia aqui fica um gráfico que demonstra, ainda que em termos relativos, algumas das diferenças:

prosperidade portugal finlandia

Em nenhum dos indicadores Portugal supera a Finlândia e parece-me que pelo menos na educação o gráfico não reflecte as diferenças.

Portugal não está nada mal no índice, ocupando o 22º lugar. Tabela completa aqui.

Avaliações detalhadas dos países: Fi | PT.

Já está no fórum, mas aqui fica a nota para aqueles que seguem o blog: abriu recentemente um café português (luso-italiano, mas italianos há-os aos pontapés) no centro de Helsínquia. Chama-se Café Posto e há-de receber uma visita em breve. Ainda não é o sussurrado restaurante português, mas para a cidade que temos está muito bem.

[Actualização, Out2013: O café posto nao existe mais. O único café português em Hki é o Cale Cafe em Lapinlahdenkatu 21.]

Café Posto em Lönnrotinkatu 9.

cafe Posto Helsinki
Café Posto, Helsínquia

Os portugueses têm tão má auto-imagem de si mesmos que qualquer sugestão do mesmo serve como prova. E vende.

Veja-se esta notícia do público: Inquérito feito em 33 países prova que portugueses têm mesmo uma auto-estima muito baixa. Um simples inquérito prova? É verdade que já estamos antecipadamente convencidos da nossa baixa auto estima, mas não, o inquérito não a prova, pelo menos sem que se saiba a forma como foi elaborado o inquérito. Quando muito será mais uma achega.

O subtítulo da notícia dá uma pista: “Portugal está em quarto, a contar do fim, no que toca à confiança e ao orgulho no próprio país“. Estamos a falar de auto-estima ou de orgulho nacional?
Fiquei curioso, até porque baixa auto-estima pessoal é algo que eu acredito os portugueses partilham com os finlandeses. Fui ao Economist e não é que o título do artigo é
National Pride?

Ou seja, segundo este estudo não é nada claro que os portugueses tenham “mesmo uma auto-estima muito baixa” – o estudo reporta-se ao orgulho nacional. Curiosamente os finlandeses encontram-se no topo da tabela, o que não surpreende o seu imenso orgulho nacional (o que associado a uma baixa auto-estima é uma mistura muito pouco recomendável.)

Auto Estima Portugal
Auto Estima de Portugal, Finlândia e 30 outros países